O jogador justificou-se dizendo: “Eu estava mal do estômago, então deixei ir”.”Fiquei chocado, é a coisa mais estranha que já vi no futebol.”, continuou Södertälje.

Segundo o “The Guardian”, a equipa adversária também achou a situação pouco comum. O jogador Kristoffer Linde diz mesmo que “estava a uma distância considerável e que ouviu alto e de forma clara” o sucedido.

Fonte: giro de quinta

0 comentários:

 
Top